InterTV Grande Minas e a Prefeitura

tadeu-leiteNos últimos dias a InterTv Grande Minas, através do seu noticiário MGTV, vem batendo sistematicamente na administração do prefeito Tadeu Leite.

Se na administração anterior, do prefeito Athos Avelino, não havia muito investimento por parte da prefeitura na afiliada global, pelo menos a crise financeira não havia chegado aqui e era possível cumprir as metas estipuladas. Acontece que neste ano os anunciantes sumiram por conta, principalmente, da crise que se instalou. Outro exemplo foi a Soebras, que se no ano passado investiu em propagandas na TV acima da média (ainda que por outros interesses), este ano não investiu praticamente nada. Por isso a falta que faz o investimento da prefeitura em anúncios na TV, para que, ainda que não seja possível bater a média estipulada pelos executivos do RJ, pelo menos seja possível fazer algo.

Há alguns dias um executivo da emissora esteve reunido com um Deputado Estadual da região para que este servisse de intermediador entre a TV e o prefeito para que a prefeitura investisse mais em anúncios.

Uma forma de pressionar o prefeito é o MGTV. Mesmo que da forma que vem fazendo, batendo num dia e assoprando no outro, para que as portas não se fechem. Ontem por exemplo ( dia 26/05) o MGTV mostrou uma rua esburacada e intransitável, com entrevistas dos moradores fazendo cobranças à prefeitura. Hoje já mostraram as máquinas nas ruas executando o serviço.

Pelo visto, o Deputado ainda não conseguiu convencer o chefe do executivo a investir mais na TV…

Pirula “Lan Haus” , na fila do recadastramento dos servidores da prefeitura

Anúncios

O brasileiro é assim:

O brasileiro é assim:

– Saqueiam cargas de veículos acidentados nas estradas.

– Estacionam nas calçadas, muitas vezes debaixo de placas proibitivas.

– Subornam ou tentam subornar quando são pegos cometendo infração.

– Trocam votos por qualquer coisa: areia, cimento, tijolo, dentadura.

– Falam no celular enquanto dirigem.

– Trafegam pela direita nos acostamentos num congestionamento.

– Param em filas duplas, triplas em frente as escolas

– Violam a lei do silêncio.

– Dirigem após consumirem bebida alcoólica.

– Furam filas nos bancos, utilizando-se das mais esfarrapadas desculpas.

– Espalham mesas, churrasqueira nas calçadas.

– Pegam atestados médicos sem estar doentes, só para faltar ao trabalho.

– Fazem gato de luz, de água e de tv a cabo.

– Registram imóveis no cartório num valor abaixo do comprado, muitas vezes irrisórios, só para pagar menos impostos.

– Compram recibos para abater na declaração do imposto de renda para pagar menos imposto.

– Mudam a cor da pele para ingressar na universidade através do sistema de cotas.

– Quando viaja a serviço pela empresa, se o almoço custou 10 pede nota de 20.

– Comercializam objetos doados nessas campanhas de catástrofes.

– Estacionam em vagas exclusivas para deficientes.

– Adultera o velocímetro do carro para vendê-lo como se fosse pouco rodado.

– Compram produtos piratas com a plena consciência de que são piratas.

– Substitui o catalizador do carro por um que só tem a casca…

– Diminuem a idade do filho para que este passe por baixo da roleta do ônibus, sem pagar passagem.

– Emplacam o carro fora do seu domicílio para pagar menos IPVA.

– Frequentam os caça-niqueis e fazem uma fezinha no jogo de bicho.

– Levam das empresas onde trabalham, pequenos objetos como clips, envelopes, canetas, lápis… como se isso não fosse roubo.

– Comercializam os vales transportes e vale refeição que recebem das empresas onde trabalham.

– Falsificam tudo, tudo mesmo… só não falsificam aquilo que ainda não foi inventado…

– Quando voltam do exterior, nunca falam a verdade quando o policial pergunta o que trazem na bagagem…

– Quando encontram algum objeto perdido, na maioria não devolve.

E querem que os políticos sejam honestos… se escandalizam com a farra das passagens aéreas…

Estes políticos que aí estão saíram do meio desse mesmo povo… ou não?

 

Cristiano Ronaldo, que depois de longas férias, conferiu sua caixa de email e viu esta mensagem lá…

Sobre o aumento das passagens do transporte coletivo em Montes Claros

Muito já se falou sobre o aumento das passagens do transporte coletivo de Montes Claros.

Vamos deixar agora quem entende mesmo do assunto falar um pouco: o atual prefeito da cidade, que autorizou o aumento, mas quando ainda era só candidato.

“Hoje (a passagem) é uma das mais caras. Então a população tem pago muito caro pelo serviço do transporte coletivo da cidade”

 Cristiano Ronaldo, tomando umas no novo buteco do Secretário de Ação Social Tancredo Macedo, o Mapa de Minas II, no novo Shopping Ibituruna

Em Defesa dos Servidores…ChATHOSin Colorado?

chapolincolorado

Fiquei um tempo sem postar aqui. Confesso que estava me divertindo muito com os posts do Zé Côco e do Pirula. E como eles estavam caprichando demais, fiquei até meio receoso de postar aqui e “baixar um pouco o nível”, já que eles estavam escrevendo com uma lucidez, coerência e qualidade que faltam a maioria dos jornalistas de Montes Claros.

Neste tempo, o Pirula falou aqui sobre a falta de alguém que defendesse os servidores, que o vereador Claudim da Prefeitura, do PPS, apesar de ter sua bandeira eleitoral fincada na defesa dos servidores municipais, nada fez por eles até agora. Que não tem sido muito duro para brigar pelos demitidos e pelos salários atrasados dos servidores. Disse ainda, que Claudim poderia “ter feito uma comissão, uma audiência pública, ter buscado o diálogo com o prefeito Tadeu Leite, visando obter o pagamento dos servidores. Preferiu ficar do púlpito lançando sua cantilena fraca e amuada.”

O Pirula falou também que dia desses o “MGTV também deu uma ‘pauladinha’ mostrando professoras reclamando da suspensão dos pagamentos dos direitos, como o ‘pó de giz’ e aposentados da PREVMOC ocupando a Câmara Municipal cobrando pagamentos ainda não realizados ”

Pirula disse ainda que o vereador João de Deus, também do PPS como Claudim, “poderia ter se destacado de imediato na luta pelos servidores demitidos. Mas também preferiu o muro.”

Eu particularmente acho que Tadeu errou no episódio dos servidores demitidos, do não pagamento dos servidores e do não pagamento das recisões contratuais. Conversei com alguns ex-funcionários já há algum tempo e era claro que a insatisfação dos ex-servidores era com o ex-prefeito Athos Avelino, que não havia feito o pagamento dos salários antes de sair da Prefeitura.

Tivesse o prefeito Tadeu Leite realizado o pagamento, ainda que com certo atraso, poderia ter capitalizado com o episódio. Poderia ter ganho apoio dos que estavam insatisfeitos com Athos Avelino e sua turma.

Pois bem, já que Claudim nem João de Deus não quiseram essa bandeira e Tadeu não soube capitalizar, está surgindo um novo “Pai” para esses abandonados, que promete defendê-los: o ex-prefeito Athos Avelino Pereira!

Circulou essa semana um email, convocando “companheiros” para uma reunião que aconteceria nesta quinta-feira com o ex-prefeito e o Sindicato dos Servidores, para discutir “assuntos de interesse da categoria” e “alternativas de solução para os diversos pagamentos pendentes”.

Se antes responsabilizavam Athos pelo não pagamento dos salários e recisões, já que o ex-prefeito poderia ter feito o acerto no apagar das luzes da sua administração, agora Athos pode se tornar o defensor dos “companheiros”. Mais uma oportunidade que Tadeu deixou passar…

E ainda que não consiga nenhum efeito prático, Athos pode conseguir com isso mais algum espaço na mídia e a oportunidade de se reunir e ter um microfone, tomando de vez o lugar de principal oposição ao atual prefeito.

Segue abaixo o convite enviado pelo ex-prefeito e por vários de seus companheiros:

“Prezados companheiros,
Na próxima quinta-feira, dia 2 de abril, a partir das 18 horas, na Igreja das Mercedárias está prevista uma reunião do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais para discutir assuntos de interesses da categoria. Sua participação é importante para que sejam encontradas alternativas de solução para os diversos pagamentos pendentes.
Convide outros companheiros que tenham os mesmos interesses.
Abraços.
Athos”

Cristiano Ronaldo, de volta ao Quintal, depois de muito tempo de saudade deste que era o melhor buteco e ponto de encontro de políticos, politiqueiros e politicagem…

PEC 46/08

bandeirantes

Converso diariamente e diuturnamente com várias pessoas sejam elas brancas, amarelas, negras, pardas, ricas, pobres, homens ou mulheres. Se Deus me deu um dom, foi o da escuta, de ser um bom ouvinte. Às vezes as pessoas nem percebem, mas contam detalhes de sua vida, seus pensamentos e desejos mais profundos a um bom ouvinte. E eu adoro ouvir as pessoas. Não, eu amo!

Destas audições percebo o que os alienados e puxa-sacos de plantão ainda não conseguiram, que existe uma centelha, uma fagulha de insatisfação brilhando no meio dos eleitores. Digo isto com uma pontinha de satisfação. Com um tímido riso nos lábios, à espera que se transforme em gargalhada.

A cada dia ouço alguém se dizendo insatisfeito com nossos políticos, principalmente deputados estaduais e vereadores. A percepção de que muitas vezes nosso voto serve apenas de escada social e financeira aos eleitos está mais presente no cotidiano das pessoas. Pena que esta percepção é sempre refreada no seu ímpeto de explodir numa espiral ascendente. Já disse aqui que os escândalos nos afetam por 15 minutos, não mais. Estamos calejados e vivemos a esperar o próximo e o próximo e o próximo.

Noutro post também já falei e desafiei alguém a informar uma lei que beneficiasse o povo norte mineiro da lavra de qualquer dos “nossos deputados” nos últimos 12 anos. A taxa do Gil não vale. Apesar de influenciar nossas vidas, foi um impacto negativo. Deputado faz parte do Poder Legislativo, sendo assim eles legislam, criam leis. Alguém pode me dizer o que anda legislando Ana Maria, Carlos Pimenta, Paulo Guedes, Gil Pereira, Arlen Santiago e Ruy Muniz?

Alguém sabe? E o que eles defendem na ALMG? Duvido se os próprios lambe-botas e funcionários lotados nos gabinetes saibam.

No site da Assembléia Legislativa (www.almg.gov.br) pode-se pesquisar os pronunciamentos dos deputados. Pesquisei o período de 01/01/2008 a 31/12/2008. No ano passado a Deputada Ana Maria falou em plenário 03 vezes. Uma sobre a crise internacional, outra em homenagem ao Dia das Mulheres e outra para “louvar” o Governador. Arlen Santiago pronunciou-se por 10 vezes. De “importante” lembrou a situação precária das BR’s que cortam o Norte de Minas e o aniversário da EMATER. Alguém votou nele para nos lembrar que a situação das rodovias é péssima? Carlos Pimenta falou um pouco mais, mas não ganhou em destaque. Além de nos lembrar também da situação precária das rodovias mineiras parabeniza a Novo Nordisk e a vitória do Tadeu Leite. Ruy Muniz foi econômico falando apenas 05 vezes em 12 meses. O único destaque é a defesa própria em relação às denúncias de supostas irregularidades na SOEBRAS. Na oposição, o Deputado Paulo Guedes foi o campeão falando 27 vezes. Nada de especial, sendo que falou por diversas vezes em defesa do projeto de outro deputado sobre a distribuição do ICMS aos municípios. Na ponta inversa, o Deputado Gil Pereira falou uma única vez em 2008 comentando a liberação de recursos pelo Governador Mineiro aos municípios do Norte de Minas.

Nossos votos serviram para isto?

Faustão tem uma frase interessante. Nas eleições eles cuidam dos nossos problemas, depois cuidam só dos deles.

Uma questão pertinente levantada é que mesmo sem serem empresários, os deputados aumentam o patrimônio a cada 04 anos. Excluindo Ruy Muniz, qual dos nossos atuais deputados são empresários? Se se dedicam profissionalmente à Política, como aumentam o patrimônio?

Onde estão as cobranças sobre a apuração da morte de Rosalvo e namorada. A punição aos assassinos do Igor Xavier. A atuação mais efetiva da Polícia Militar contra o narcotráfico. A atuação em programas de apoio às famílias e dependentes químicos? A instalação de novas empresas e programas de Geração de Emprego e Renda? E a cobrança sobre o péssimo transporte escolar fornecido quase como uma “caridade” a nossos alunos? E o desmatamento e a agressão ao meio-ambiente? E a saúde pública que está em frangalhos, ninguém quis falar nada? Moradia digna? E a corrupção nas prefeituras? E a seca? Meus Deus será que não existe tecnologia suficiente para reduzir o impacto da seca no Norte de Minas, sendo ela uma situação cíclica, ou seja, que ocorre todo ano? Ou falta é dinheiro?

Atualmente os deputados estão envolvidos na atuação da PEC 46/2008 que altera a Constituição Mineira criando o Dia dos Geraes e transferindo simbolicamente a sede administrativa do Estado de Minas Gerais para o município de Matias Cardoso, como já acontece com Mariana. Nada contra a PEC 46/08, ao contrário. Entretanto, a aprovação vai melhorar a vida do povo de Matias Cardoso? Isto é que vai ficar ao final de mais 04 anos? Só isto? É muito para nossa história e pouco para nosso futuro.

Assim fico cada vez mais feliz quando, nas minhas audições, descubro mais um insatisfeito, mas um que como eu pensa seriamente em não exercer o direito ao voto nas eleições do ano que vem para deputados.

Zé Côco passeando pelo novo Shopping Ibituruna

Dr. Silveira

Vereador Dr. Antônio Silveira de Sá (Dr. Silveira)

Vereador Dr. Antônio Silveira de Sá (Dr. Silveira)

 

Reeleito pelo PTN com 2.232 votos nas eleições de 2008, Dr. Antônio Silveira de Sá é experiente no campo político, sendo este o seu 3º mandato. Politicamente é fraco. Alguns falam que sua esposa Mardete é mais política do que o próprio vereador.

Dr. Silveira, como é mais conhecido, não participa das grandes discussões da cidade. Na verdade ele não quer participar. Sua campanha política é baseada no atendimento diário como médico. Sua política é personalíssima. É um-a-um. Quase nunca pode ser encontrado na Câmara fora dos horários das reuniões das terças e quintas. Foge do atendimento diário como o diabo foge da cruz. Nem pense, por exemplo, em levar para ele problemas com o Transporte Escolar da sua região. 

Tente puxar pela memória alguma grande realização deste vereador. Algum debate levantado por ele em relação à Saúde? Nem nós lembramos.

Na atual legislatura está em situação desconfortável, devido à sua franca participação como um dos principais vereadores do Athos Avelino. Apesar de algumas tentativas tímidas de ambos os lados, ainda existem várias arestas a serem aparadas para que o atual prefeito o considere da base aliada. Aliás, nem sabemos se o Vereador quer ser considerado da base aliada.

Assim como os vereadores do PPS, Claudim e João de Deus, ainda é “carta branca”, como naquelas brincadeiras infantis quando a criança participa, mas não pode ser penalizada. Não bate, não morde e nem assopra. Não apóia nem faz oposição. 

O futuro de vereadores médicos é difícil de prever. Como a campanha é feita através de consultas médicas e não de realizações ou atos concretos e inerentes à sua função de legislador municipal, prever o desempenho com base na atuação é muito complicado e difícil. Como vereador aposto em mais uma legislatura sem grande importância para a cidade. Como médico aposto que sua competência pode levá-lo ao 4º mandato.

Pirula “Lan Haus” aguardando vaga no Prontomente fechado por falta de recursos

E o caldo começou a azedar 2

Em relação à briga relatada no post abaixo, fomos informados por um vereador que tudo começou quando o Prefeito Tadeu Leite (PMDB/MG) disse que nunca havia prometido nomear as pessoas da lista de uma vez e sim, na medida em que fosse necessário. De acordo com a demanda.  

Juro a vocês que eu e outro “Butequeiro” demos uma gargalhada na frente do vereador. Tadeu havia acabado de criar o “Mercado da Boquinha”. Cargos só à medida que a Prefeitura fosse precisando, ou seja, à medida que for necessário o apoio dos vereadores, quando ocorrer a demanda da boquinha. Hilário esse prefeito. Quando falei em administração criativa não esperava tanto.

Ainda de acordo com o Vereador, após a fala do prefeito, dois insurgentes, Vereadores Marcos Nem (DEM/MG) e o Edwan do Detran (PV/MG), não aceitaram a embromação e disseram que ao contrário, o Prefeito e o Secretário Sérgio Amaral haviam oferecidos os cargos via lista e que por diversas vezes marcaram data para a concretização do acordo. Mais, disseram que foi a própria administração que ofereceu os cargos. Teve início um bate-boca daqueles, com reflexo na reunião de hoje na Câmara. A quase totalidade dos vereadores discursou cobrando ações e realizações do Prefeito. 

Para piorar o MGTV também deu uma “pauladinha” mostrando professoras reclamando da suspensão dos pagamentos dos direitos, como o “pó de giz” e aposentados da PREVMOC ocuparam a Câmara Municipal cobrando pagamentos ainda não realizados. 

É… O caldo azedou de vez. E o povo ó…….

Pirula “Lan Haus” aguardando passageiro na frente da Secretaria de Saúde